26 de dezembro de 2011

7

Natal difícil!!! Que bom que acabou!!!!!!!!!

Oi povo! Vocês devem estar pensando "Nossa, como essa mulher é insensível, num gosta do natal, está feliz porque acabou?!!" 
Num é bem isso...Esse natal foi bem difícil por aqui, vou tentar explicar....
Fomos à ceia na casa de uma tia minha como todos os anos, esse ano não fiz nada pra levar, por que me disseram que não precisava e como estou grávida, não era pra me preocupar com isso..Beleza!??
Bom, chegando lá, começaram a chegar um montão de gente ( não sei se convidada pela dona da casa ou bico..rs) que não estava programado e resultado: A comida acabou rapidinho e eu fiquei morrendo de vergonha pela dona da casa ( que parecia não se preocupar tanto quanto eu estava preocupada..rs) e me sentindo um pouco culpada por não ter levado nada. Aff!!!!!
Marido teve que sair as pressas da ceia porque no outro dia tinha que levantar ás 5 da matinA pra trabalhar e então perdeu o amigo secreto e eu tive que dormir sem ele na casa da mamãe. Meu pai também nem participou da ceia porque tinha que trabalhar!!
A casa da minha avó ( que é no mesmo quintal da minha mãe) estava lotada de gente, criança pra todo lado (aquelas que já contei por aqui que a mãe que é envolcida com droga largou com a avó , no caso minha tia, e sumiu no mundo, só dessa pessoa são 4 crianças + 1 de outro casal de tios com o mesmo problema de drogas e marginalidade.
Esse casal de tios, já tiveram uns 8 a 10 filhos, 2 já são adultos, sendo que 1 desses dois vive bem, é casado, tem família, emprego, etc, a outra está reproduzindo a mesma situação miserável da mãe com drogas, prostituição e crianças abandonada!!!:( E os outros filhos que não são adultos, estão por aí em abrigos da prefeitura porque ninguém da família teve coragem  ou condições de pegar pra criá-los. :(;(

Bom, voltando ao natal..... A casa cheia desses priminhos me fez lembrar de toda essa situação degradante da família e me fez pensar por que essas coisas acontecem!!! Dá vontade de levar todas pra minha casa pra serem irmãozinhos do Samuel, mas isso seria um transtorno, eu não teria condições de criar filhos de outra mãe, viva, da família e que as vezes aparece pra causar mais transtornos!! 

Isso tudo já me deixou chateada....Mas o natal não acabou por aí.....

No domingo, o carro quebrou (carro usado sempre dá problema , nos momentos mais inconvenientes!!!) quando marido tava indo trabalhar, então ele deixou o carro estacionado no meio do caminho e seguiu de ônibus. Ele saiu mais cedo do trabalho, levou o carro pra arrumar e foi correndo pra igreja pois tínhamos de ensaiar a peça teatral que apresentaríamos logo mais a noite. Encontrei com ele na igreja e como ele estava de branco ( ele é enfermeiro) tivemos que passar correndo em casa ( que não fica perto da igreja) pra ele trocar de roupa e buscar alguns iténs que usaríamos na peça. Chegando em casa ele ligou pra mãe dele e insistiu pra encontrar com ela para levá-la de carro à igreja e depois passaríamos na casa da avó dele pra pegá-la também. 

VOCÊ DEVE TÁ PENSANDO : "ONDE ESSA CONVERSA TODA VAI CHEGAR, PÁRA DE ENROLAR E CONTA LOGO O QUE ACONTECEU!!!!"

bOM...No caminho ao encontro da minha sogra, o celular toca, quem é??? A própria, em prantos, dizendo que havia caído e achava que tinha QUEBRADO A PERNA!!!! Eu levei um susto e num tinha entendido direito então ela repetiu, perguntei onde ela estava, marido que estava no volante ouviu tudo, pois o cel dele é bem alto. Ele ficou super assustado, estava chovendo e eu com muito medo dele ficar muito nervoso e acontecer alguma coisa ( graças a Deus ele se virou muito bem no volante em meio a preocupação e chuva).
quase perto do local onde minha sogra estava, ela liga e diz que já está sendo socorrida, de longe nós vemos o carro em que ela está e fomos todos ao hospital mais perto.
Marido liga pro irmãos dele, não consegue falar com ninguém!!! Liga pra tia dele e pede pra ela avisar o pessoal da igreja, por causa do teatro ( que a essa altura já tinha ido por água a baixo, mas isso era o de menos)
Fiquei no carro, marido foi fazer os trâmites para o atendimento da mãe, chovia muito. 
em minha inocente mente, eu imaginei que assim que ela chegasse ao pronto atendimento, seria conduzida de cadeira de rodas imediatamente ao local de fazer radiografia e em seguida passasse com o médico, ms eu me esqueci que era domingo, noite de natal e que estávamos em um hospital público situado na periferia !! 
 Não havia cadeira de rodas disponível, minha sogra teve que ficar numa maca, esperando pra ser atendida por um médico para ele passar encaminhamento pro Raio -X e então fazer a radiografia, para depois esperar mais pra ser atendida de novo pelo médico e saber se realmente havia quebrado a perna!!!
Ela ficou aproximadamente uma hora esperando o primeiro antendimento, eu no carro. Marido tenta de novo falar com os irmãos para virem me levar pra casa da minha mãe e não ficar esperando com o meu barrigão, sem fazer nada. Não conseguimos falar com ninguém, então eu fui pro ponto de ônibus pra ir pra minha mãe, fiquei 50 MINUTOS EM PÉ NA CHUVA ESPERANDO O ÔNIBUS!!!!!Mas enfim cheguei a casa da minha mãe, aflita querendo notícias.
Marido liga e diz que realmente sua mãe tinha quebrado a perna e que ela já estava na sala de gesso. Alívio!!!
Quase meia noite, marido chega pra me buscar, com fome, posi não tinha almoçado (por conta da correria como carro) e nem jantado, fiquei morrendo de dó!!
Chegamos em casa quase 1 da madrugada, marido comeu algo rapidinho e foi dormir, pois as 4:15 teria que estar de pé para ir trabalhar novamente!!!

Graças a Deus minha sogrona está bem ( apesar da perna engessada), não houve necessidade de cirurgia, nem pinos ou coisa parecida (credo!!!). 
A questão é que ela cuida do meu sogro que faz hemodiálise e é surdo e que depende dela agora temos que ver quem vai levá-lo as sessões de hemodiálise e ás trocentas consultas médicas ......sem falar que ela num pára quieta um segundo. Agora vamos ter que nos organizar para o ano novo que será na casa dela, vai ser difícil ela ver gente mexendo na sua cozinha e não poder ajudar, mas fazer o quê!!
Orem pela minha querida sogra, pra que ela se recupere bem e faça repouso e que ao final de 8 semanas ela possa tirar o gesso e estar prontinha pra vida extremamente ativa que ela sempre teve.
Quando SAmuca nascer ela ainda vai estar com gesso, ao invá dela visitar o neto, é o neto quem vai visitá-la..rs


E esse foi nosso natal!!!!
uffa, ainda bem que acabou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

7 comentários:

  1. Flor...ainda Bem que acabou....CARAMBA que NATAL mais agitado.....Ufaaaaaa...
    Bjão!!!!

    O Presente do Samuca Chegou aí?????Te mandei o cód de rastreio, vc viu?????Me mande noticias...to com medo de voltar DINOVO!!!!!aff...rsrsrs...

    ResponderExcluir
  2. UFF ate eu fiquei cansada rsrsrsr ...poxa que coisa... Beijo

    ResponderExcluir
  3. amiga do céu... ainda bem que acabou mesmo hein... que sufoco!!!!
    mas tenha calma que logo logo tudo se ajeita novamente..
    melhoras pra sua sogra...
    bjusss

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, que Natal difícil!
    Graças à Deus que não foi algo pior com sua sogra, espero que ela se recupere logo.
    Vou continuar por vocês querida!bjão

    ResponderExcluir
  5. Nossa, mesmo sendo trágico acabei dando umas risadnhas, pois vc conta de um jeito que fica quase engraçado. Desculpas amiga!!! O meu também teve algumas cenas parecidas, hospital e tudo mais. Mas no fim deu tudo certo. Desejo melhoras pra sogrona e paciência para todos vcs que vão cuidar dos que estão precisando. Força! bjks

    ResponderExcluir
  6. Nossa menina que Natal é esse viu!Cuidado pra não pegar traumas de Natal,ainda vem que acabou e espero que teu Réveillon seja muito melhor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. nossa que perrengue hein mas faz parte e pensar que fiquei aki super mal humorada sei lah por que e vc ai com tantos pepinos mas que bom que tudo se ajeitou e melhoras para sua sogrinha

    ResponderExcluir

JÁ GASTOU UM TEMPINHO LENDO. NÃO CUSTA NADA DAR UMA COMENTADINHA NÉ!!!!